10/01/2017

2016 FEELINGS

Foi perder o medo de dançar, mas ainda sem saber andar de bicicleta. Foi adeus com sabor de boas vindas, e desapego que trouxe novos lugares. Foram amizades virtuais para conhecer em breve, e amigos para comemorar o décimo ano, foi completar vinte, descumprir metas e ainda assim fazer uma lista nova. Foi o beijo inesperado, foi esperar na fila de um show e começar How I Met Your Mother. Foi o abraço caloroso de quem eu julgava ser uma pedra de gelo, o meu recorde literário e uma black friday inteira só para comprar livros novos, foi conhecer Tyler Maddox. Ver pessoas ganhando estrelas, e outras virando uma própria no céu. Foi aquele final de semana inteiro acordada, e foi dormir sexta para acordar domingo à noite. Rever velhos conceitos, ideias novas e ouvir a minha alma, foi escutar a chuva na janela e fotografar meus próprios pés. Foram mais dois semestres na faculdade, e foi se apaixonar por uma causa nobre, e se apaixonar mais um pouquinho pela vida também. Foi dor, angústia e chorar por quem estava em outra órbita, foram novos ataques terroristas e coisas sem cabimento que não faziam sentido, porque ninguém explica algo maior que nós. Foi amor, risada alta e música boa. Se preocupar com quem mora na outra ponta do Brasil, e muitas vezes querer não precisar sair da zona de conforto. Foi ouvir The Chainsmokers mais de cento e cinquenta dias, e desejar que o verão nunca acabasse. Foram lágrimas de tristeza, e outras incontáveis de alegria. Foi se perder por dentro, e se perder em São Paulo também, conhecer pessoas diferentes, sair com amigos dos meus amigos e sentir saudade do meu avô e da escola. Foi fazer uma tatuagem e tirar as paredes coloridas do meu quarto. Foi orgulho, mas também se decepcionar. Foi loucura, mas não aquela pra ter medo, foi se arrepiar, o zoológico inteiro na barriga, foi voltar atrás nas coisas que eu realmente queria, logo eu, de escorpião, orgulhosa mesmo. Mas sabe, me trouxe coisas que eu jamais poderia compreender se ele nunca existisse, porque foi continuar tentando me descobrir. Dia após dia. Foi saber que eu não serei assim ano que vem e nem no outro, porque eu só me deixei ir, então serei diferente, o quão diferente eu só posso te contar em outro janeiro. Enquanto isso, as coisas começaram de novo por aqui.

11 comentários:

  1. Ameeeei! Que texto maravilhoso, Bru! *-*
    Adoro essa música! <3
    Bisous,
    Blog Pequeno Muffin | Lara Reis
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, td bem?
    Que lindo esse texto! Várias dessas coisas aconteceram comigo tb hahaha. E é isso ai que esse ano possa acontecer tudo outra vez de outro jeito hahaha
    PS: The Chainsmokers é sensacionaaaaaaal, amo forte
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  3. O texto monstra muitas mudanças marcantes.
    Eu gosto muito dessa música ;)

    http://ondeeufor.blogspot.com/
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana o seu texto. Sucesso pra vc.
    Big Beijos
    Lulu on the sky
    Meu Canal You Tube

    ResponderExcluir
  5. Aquele texto que deixa a gente sorrindo <3
    Lindas palavras, Bru. Que 2017 seja maravilhoso para todas nós <3

    Beijos
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Amei seu texto, bem poético e bonito! Dá para sentir suas emoções :3

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  7. Que texto Bru!!

    Amo essa musica também!


    Beijos da Nah
    www.oxifalei.com.br
    Instagram: @oxi.falei
    Snap: nath.thamires

    ResponderExcluir
  8. Muito linda a reflexão!

    Beijos,
    Isabella
    The Urban Trends

    ResponderExcluir
  9. Que texto LINDOOOO e profundo.
    Amo esses textos mais reflexivos, que fazem a gente parar tudo e meditar, olhar pra dentro de nós mesmos... Parabéns!

    www.nandadoria.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, vim retribuir sua gentil visita ao meu blog a um tempo atrás ^-^ ...Meu blog estava passando por um hiatus bem longo e só retornei com ele agora, então respondi aos comentários e você estava lá. Espero que possa me visitar novamente. Texto muito bem feito, de tirar o ar.

    Beijocas!
    Sorriso Jovem

    ResponderExcluir
  11. OOOOOI

    é aquela coisa: acho que precisamos ser gratos às mudanças porque só elas nos permitem crescer. As vezes é difícil deixar ir, se ver num lugar jamais imaginado outrora, mas é essencial.
    gostei muito do seu texto <3

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir