26/09/2016

UM BILHETE SOBRE AS COISAS

Você era apaixonado pela vida, e isso me fazia gostar mais de todas as outras coisas estúpidas, todas aquelas coisas que eu gostaria de ter feito antes. Era como se a distância do meu quarto até o The Rocks não passasse de três passos, e o verão não acabasse em março. Como se eu nunca fosse envelhecer. Os seus olhos eram quase a galáxia inteira, e ela caberia neles, voltando todas as vezes que estivessem abertos, os sonhos ficavam pairando entre nós dois, e aprendi a fazer deles os meus próprios, a costa leste do mundo que eu sempre quis conhecer parecia incrível no banco de trás do seu carro, livro do Nicholas no colo e os meus pés na janela, você iria me pedir para sentar direito e colocar o cinto, mas contrariar as pessoas era algo que já fazia antes mesmo de te conhecer. Eu nunca consegui ouvir alguém falando por muito tempo, mas isso foi antes, porque quando te ouvia explicar sobre todas as estrelas, e sobre o laranja que marcava o céu até escurecer depois das oito, eu poderia ficar lá para sempre, sem ao menos perceber seus cadarços desamarrados.
Eu não me incomodava com o seu rock dos anos 90, e você também ouvia os meus indies, principalmente depois do The Kooks. Sabe, queria continuar rabiscando lugares do mapa, fotografando as luzes e ignorando o mundo além das suas orbes. Mas eu precisava voltar.
Não fique triste, não é disso que vou me lembrar. No fundo, quando as pessoas estão perdidas, elas se encontram umas nas outras, assim como cicatrizes que combinam. Eu tive sorte, e não foi aquela parada de destino, foi você.
De todas as coisas que eu queria guardar, tenho o barulho da sua risada e aqueles mesmos olhos, e de todas as cinco coisas que me faziam rir junto, as cinco eram sobre a sua vida. A gente não precisa falar do presente, eu sei lá onde você deve estar agora, mas à um tempo atrás estaríamos revezando o rádio entre a estadia do Nirvana até as faixas do Bastille, e depois Halsey e Pink Floyd. E sobre o futuro, se me preocupar com ele, as coisas vão passar por cima de mim. Planejar algo sobre o amanhã é uma droga que eu ando conseguindo evitar.
Perdi o medo de cair, nem todas as quedas eram buracos, algumas eram apenas sobre se jogar do espaço, e flutuar. Não pense que estou arrependida, não aprendi todas essas coisas sozinha, mas eu aprendi, agora eu sei, e eu me lembro. Descobri o porquê de as pessoas parecerem perdidas, talvez elas precisam de alguém como você, para organizar aquela montanha de sentimentos que eu também tinha, sempre fui boa em desorganizar, e em perder, né? Até mesmo a mágoa, que não faço questão de deixar que me acompanhe. E mano, tá tudo bem. Porque aqui, no agora, eu não desejaria que você voltasse, mas você me fez amar a mim mesma, e me deu expectativas de que posso ser alguma coisa bonita. Eu não queria que voltasse, mas muito obrigada por já ter vindo.

19 comentários:

  1. Aquele momento que você descobre um talento! Amei muito sua escrita e que texto.
    Um beijo.

    http://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto, muito lindo!

    Um beijo,
    Foca no Glitter

    ResponderExcluir
  3. Ótimo texto, eu simplesmente amo essa música!!

    Adoreei!

    Beijos da Nati
    www.oxifalei.com.br
    Snap: nath.thamires

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Bru. Lindo e intenso. ❥

    ResponderExcluir
  5. Ótimo textooo!
    "... eu não desejaria que você voltasse, mas muito obrigada por já ter vindo." belíssima frase :)

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. O texto é maravilhoso <3 Amei cada palavra e cada verso, parabéns. <3
    Charme-se

    ResponderExcluir
  7. Gostamos do texto, achamos ele lindo e intenso!! Você escreve super bem!!

    beijos

    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Uau, Bru, que texto. QUE TEXTO, viu! Daqueles que as memórias e sentimentos de quem tá escrevendo ficam misturadas com as de quem tá lendo e tals!

    ps.: li ele todo ouvindo Pink Floyd ainda, pra misturar ainda mais!

    ResponderExcluir
  9. Mas que lindooooo *-*
    não sei se é real, mas se sim.. agradeça por ter encontrado alguém tão especial na sua vida, mesmo que não tenha sido pra ficar. Ao menos o amor-próprio ficou e essa é uma lição que poucas pessoas tem o prazer de aprender

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  10. Ótimo texto e arrasou no final, não sei se é real, mas em nossas vidas não temos que insistir para ninguém ficar, tem pessoas que passam por nós apenas para deixar uma lição e o Amor Próprio é o melhor ensinamento que alguém pode passar.
    Boa quinta-feira!
    Fica com Deus!
    Beijos!

    http://marifonseca21.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Texto maravilhoso, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  12. Melhor frase: "Eu não queria que voltasse, mas muito obrigada por já ter vindo".
    Não sei se é algo baseado em fatos reais, mas espero que seja. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  13. A cada dia que entro nesse blog tem uma surpresa linda. Um texto que nos faz refletir e rever nossas prioridades.
    Beijocas.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  14. "Descobri o porquê de as pessoas parecerem perdidas, talvez elas precisam de alguém como você, para organizar aquela montanha de sentimentos que eu também tinha, sempre fui boa em desorganizar, e em perder, né?" essa parte do texto me definiu taaanto em um momento que passei na vida. Enfim, adorei!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  15. OI BRUNA

    o texto, além de lindo e cheio de sensibilidade, ainda traz um monte de banda boa no contexto, o que torna tudo muito mais mágico!
    Seu texto me fez lembrar alguém, confesso. E bateu uma saudade danada...

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  16. Que texto mais amor! Me identifiquei em muitos pontos com ele e sei bem sobre esse sentimento. O simples fato da pessoas ter passado por nós já é suficiente, não precisou ter permanecido em nossas vidas pra que fosse inesquecível! Esses dias conheci essa música e vi o clipe! Achei lindão!

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir